Aprender a cozinhar não é difícil, mas exige amor

Cuidar da saúde e da beleza, quando o fazemos com equilíbrio, é um exercício de amor e de conexão com nós mesmos, escrevi sobre isso neste artigo. O ato de cozinhar também pode ser assim.



Por muitos anos, ficamos afastados da cozinha e a atividade ficou relegada a um segundo plano – e teria sido ainda pior se não fosse pelas incríveis mulheres de nossas famílias que se mantiveram ali, com dedicação. Percebemos os efeitos que esse afastamento causou na saúde da nossa sociedade e estamos observando um gradual retorno à cozinha não apenas por necessidade, mas por prazer.